quinta-feira, 12 de setembro de 2013

PELE ENVELHECIDA - CUIDADOS



Pessoas idosas sofrem de "pele seca”, especialmente nas pernas, cotovelos, colo e antebraços.

Foto: Divulgação
A pele fica áspera e escamosa onde muitas vezes é acompanhada por uma coceira e  escamação. Após os 60 anos de idade todas as funções da pele decaem tornando-a mais frágil, mais sujeitas às agressões do meio ambiente, especialmente no que se diz respeito aos raios solares.
Mas a luz solar por outro lado, é fundamental para a produção de vitamina D, o que leva à necessidade de exposição regular ao sol, que evidentemente deve ser moderada, com muita proteção!
A perda de água da pele (desidratação) inicia-se por volta dos 25 anos e são acompanhadas pelo desaparecimento de fibras do colágeno, proteínas que são à base da sua elasticidade. Também no idoso em que a constante renovação das células do estrato córneo e os mecanismos de reparação da barreira cutânea às agressões ambientais e estão diminuídos mudando sua estrutura. Por isso que podemos começar a cuidar da pele desde cedo! Mas quando chega a idade... a pele sofre.
A pele tende a se tornar enrugada e mais delgada com o tempo. Há diminuição das glândulas sebáceas e sudoríparas tornando a pele mais seca e com menor capacidade de adaptação às variações de temperatura do meio ambiente. Até você pode notar que acontece diminuições no crescimento das unhas que se tornam mais quebradiças.
A perda de glândulas sudoríparas e como também o passar dos anos piora a pele. O uso excessivo de sabonetes, desodorantes, perfumes, ou banhos quentes – acentua mais o problema assim como o uso de medicamentos para baixar o colesterol  que interfere na formação do cimento intercelular.
A epiderme é geralmente composta por gordura (lipídios) e proteína. A porção lipídica da epiderme ajuda a prevenir a desidratação da pele. Quando a gordura da pele é removida, a pele perde a sua proteção e perde umidade.
Mas antes de pensar em tratar a pele seca faça da hidratação um hábito, como a aplicação de bons produtos hidratantes. 



Pele muito seca – Para a pele seca, com coceira o melhor hidratante é aquele que tem gordura. Procure os cremes mais gordurosos de fácil aplicação. Retirar os resíduos. Isto porque estes produtos não deixam evaporar a água. Se sentir que o creme é muito grosso aqueça-o nas mãos e passe na área onde a pele está ressecada. 
Hidratar enquanto a pele estiver úmida – O melhor tempo de tratar a pele é quando você vai para cama. Um segredo que vem do passado e ainda tem o melhor resultado. Feito uma vez por mês restaura e umidifica.
Depois de um banho ou ducha enquanto você estiver com a pele ainda úmida aplique um óleo e vista um pijama velho. Este tratamento vai agir enquanto você dorme e durante a noite a mistura vai fazer com que a sua pele seca se reidrate. De manhã a pele estará diferente de quando você deitou.
Nunca esqueça a pele – calcanhares, mãos e cotovelos. Você pode untar com gordura e usar luvas nas mãos e envolver os num plástico antes de dormir.

Interessante como uma dieta pode influenciar o nível de hidratação e melhora da pele!
Alterações na dieta – Evitando certas substâncias que podem desidratar o corpo devem ser evitadas. Ajuda a tratar a pele seca em adultos maduros, devem ficar de fora do cardápio, alimentos que incluem pratos condimentados, bebidas com cafeína e álcool. Em vez destes alimentos, aumente a ingestão de água de oito ou mais copos por dia.
A pele é um órgão muito importante, não cabem aqui as complexas funções que tem que desenvolver, dá proteção, regula a temperatura do corpo, é uma barreira protetora impermeável que impede a perda de líquidos e a penetração de substância protege o organismo das radiações ultravioletas do sol e é a sede de reações imunológicas relacionadas com a defesa do organismo. Trate bem quem te trata com carinho.

Cuide de sua pele! 
Existem tratamentos, como o laser, as microcorrentes, que estimulam o metabolismo celular e a circulação da pele, melhorando a textura e o viço.
Silvia Duarte


Nenhum comentário: