quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

MÃES SEM CULPA



Muitas mulheres me procuram com um sentimento forte em comum, a culpa.
É culpa por não dar atenção suficiente ao filho, por sufocá-lo com tanta proteção, por projetar nele seus traumas e medos da própria infância, por não ser a mãe perfeita, se é que existe isso.


O ideal é a mulher que sofre com estes sentimentos, procurar mesmo ajuda, uma terapia, um aconselhamento, pois a culpa é um sentimento inerente ao ser humano. Mas com o auto conhecimento, obtido com terapia,  podemos saber administrar nossos sentimentos. Aí, seremos pessoas mais felizes e assim podemos exercer nosso papel de mãe/pai de uma forma melhor, mais leve  e sem culpa.

2 comentários:

Carmem disse...

Muito bom este texto Silvia, me idenfiquei na hora, pois quem não fica culpada de sair cedo para trabalhar e deixar o filho na escola e só pegar a noite, quando o coitado está cansado. Queria ficar com ele o tempo todo, é muito amor, mas tenho que trabalhar para poder dar a ele tudo que desejo e preciso. Realmente é um dilema...
Parabéns pelo blog!!

Clínica Silvia Duarte disse...

Obrigada !!